30 setembro 2006

De volta à acçäo

Aqui estou eu mais uma vez para escrever-vos qualquer coisa. Já passou o verao, já acabou o descanso e voltamos novamente ao ritmo frenético e apressado das nossas vidas. Nao é necessário constatar o facto de que Deus nao tem qualquer espaço neste tipo de vida, só vemos trabalho, estudos, saídas à noite, namoradas/os, etc. Tudo isto é necessário mas näo imprescindível. Pelo contrário, Deus sim é imprescindível na vida de qualquer cristäo porque, como diz Santo Agostinho: "Separar-se de Ti é morrer". Com actitudes täo simples como fazer uma breve oraçao ao acordar, enquanto vamos no combóio, quando chegamos a casa e nos deitamos... qualquer momento do dia é um bom momento para dirigir-nos a Ele, seja para pedir ou para agradecer ou simplesmente para dizer um "Olá, estou aqui e näo me esqueço de ti". Agradece-lhe todos os dias o presente diário com que nos brinda todas as manhäs: um novo dia para dar, durante 24h, o melhor de cada um de nós ao próximo. Com desejos de que estas palavras se façam realidade, até à pròxima.