23 fevereiro 2007

Onde é que esconderam a felicidade?

Um pouco antes de que existisse a humanidade, reuniram-se vários duendes para fazerem uma travessura. Um deles disse:
“Devemos tirar-lhes algo, mas... o quê?”
Depois de muito pensar um deles disse:
“Já sei!, vamos tirar-lhes a felicidade, mas o problema vai ser onde é que a vamos esconder para que não a possam encontrar”.
O primeiro fez uma proposta:
“Vamos escondê-la no cume da montanha mais alta do mundo”.
Ao mesmo tempo, surgiu outro duende com outra proposta:
“Não, lembra-te que têm força e a qualquer momento podem subir e encontrá-la, e se a encontra um, ficarão todos a saber onde está”.
Surgiu então outra proposta:
“Então vamos escondê-la no fundo do mar”.
E outro respondeu:
“Não, lembra-te que têm muita curiosidade e algum dia um homem construirá um aparelho qualquer para poder mergulhar e assim encontrá-la”.
Um outro duende disse então:
“Vamos escondê-la no planeta mais distante da Terra”.
E disseram-lhe os outros duendes:
“Não, lembra-te que são inteligentes e que algum dia vão construír uma nave para poder viajar a outros planetas e vão acabar por descubi-la e nesse momento todos poderão ser felizes”.
O ultimo que falou era um duende que tinha permanecido em silêncio, ouvindo atentamente cada uma das propostas dos outros duendes. Analizou cada uma delas e disse então:
“Acho que já sei onde podemos esconder a felicidade para que nunca a possam encontrar”.
Todos ficaram assombrados com estas palavras e perguntaram ao mesmo tempo:
“Onde?”
O duende respondeu:
“Vamos escondê-la dentro de cada um deles, no seu interior; assim vão estar tão ocupados à procura dela por fora, que nunca conseguirão encontrá-la”.

1 comentário:

edna disse...

Rui, que te tengo abandonado... :S
El caso es que estoy en Madrid, en Ulises en casa de Almudena y ando un poco desenchufada de todo
Muuuchos besazos