05 novembro 2007

Novidades

Como já há uns dias que não posto aqui nada, decidi que de hoje não passaría, por isso, cá estou eu. Acabadinho de sair das aulas, aproveito para vos contar algo dos últimos dias, que, diga-se de passagem, têm sido algo diferentes do normal. É no que dá a vida agustinana, sempre há coisas novas, por mais insignificantes que sejam. Qualquer das maneiras, não é este o caso.

No passado fim de semana, fomos até Roma, a cidade eterna. E realmente é mesmo eterna porque ainda se respira todo aquele ar da roma imperial, quando ve apreciam todas as obras de arte que existem, quando se passeia pelas ruas do centro da cidade, etc. A nível religioso é sem dúvida a cidade com mais igrejas por km quadrado do mundo, e isso é fácil de comprovar quando se está em Roma. Fui até lá, com o resto dos professos, com motivo da beatificação de todos aqueles que morreram martirizados na guerra civil espanhola. Foi uma celebração muito solene e ao mesmo tempo lindíssima. Depois desta, foi a vez do Angelus, como todos os domingos, rezado pelo Papa Bento XVI, como sempre desde a famosa janela, ehehehe. É uma sensação mágica e ao mesmo tempo estranha, porque estamos tão acostumados a ver o papa pela televisão que quando o vemos ao vivo parece que não é verdade. Mas sim, estava lá ;) Foram 4 dias muito intensos porque entre os momentos religiosos que tivemos e o turismo que fizemos, não paramos. Quano chegamos ao aeroporto estávamos todos invadidos por dois sentimentos: tristeza por deixar Roma e um cansaço impressionante que se fazia sentir pelas dores de costas e pernas... É a idade!!! lol Mesmo assim valeu a pena.

Este fim de semana que acaba de passar, fomos até uma aldeiazita que está na serra de madrid, chamada Montejo de la Sierra, onde também está presente a OSA. Fomos fantásticamente recebidos pela comunidade de Montejo onde, com eles, apoveitámos para fazer uma churrascada que estava simplesmente genial. Mas também aproveitámos para fazer turismo, como sempre. Visitamos um parque natural onde as folhas das árvores estavam todas amarelas, laranjas, castanhas, indícios de um outono que já espreita mas que ainda não decidiu entrar de uma vez (aqui está um sol de verão, ainda que bastante frio também). Como podem ver, têm sido dias diferentes mas muito porreiros. Esta semana é já par fazer os últimos preparativos para a VAO, à qual espero que venhas.

E não me quero estender mais porque senão acabo por escrever uma obra como os Lusíadas, e não é essa a minha intenção... ainda que durante a reforma, seria um bom passatempo... tenho de pensar nisso... lol. Até à próxima!!! ;)

Sem comentários: